AO TRABALHAR COM A MORTE, O PROFISSIONAL DE SAÚDE SE TORNA MAIS FRIO?

imgampla4rA primeira vista pensamos que a resposta pode ser “sim”. Trabalhar com a morte pode ser difícil, doloroso. Deparamos-nos com o sofrimento, a dor, as angústias e limitações causadas pelo adoecimento e, claro, a finitude do outro. Consequemente, somos obrigados a pensar sobre a nossa própria morte. Um dia teremos um fim, ou você ainda não se deu conta disso?

Pensar sobre o nosso fim nos remete a angústias de toda uma vida, acumuladas em um lixo existencial que insistimos em guardar. Pensar que um dia nossos entes queridos não estarão mais aqui ou imaginar que um dia não estaremos mais aqui, nos leva ao lado obscuro da nossa alma, lado este, que passamos a vida evitando, que desejamos jamais habitar ou mesmo olhar. Exige coragem, é uma experiência dolorosa, mas também revigorante e fortalecedora.

Particularmente, acredito que a pessoa que trabalha diariamente com a morte não se torna fria. Há pessoas que possuem dificuldade de lidar com este tema e utilizam-se de mecanismos de defesa para se proteger. Infelizmente, isto acaba interferindo negativamente no cuidado com o paciente e seus familiares. Isto não deveria acontecer.

Então, utilizar-se de mecanismos de defesa para ‘não cuidar’ do outro não é justificativa. Reflita, avalie se é nesta posição que você quer estar, já que o profissional que trabalha com o paciente que está morrendo, ele não é unicamente um profissional, antes disto, ele é um cuidador.

O profissional que trabalha de forma honesta e sincera, consigo e com o outro, que busca trabalhar em si as dificuldades de lidar com a tão temida morte e as demais angústias existenciais que derivam deste momento da vida… acaba tendo mais empatia, sensibilidade, humanidade e cuidado com o outro.

O cuidar se torna amoroso, frio jamais! E ainda ressalto que refletir sobre nosso fim nos dá a oportunidade de tornarmos nosso presente muito melhor! Permite-nos viver!

E você, o que acha?

 

Suzanne Leal
Psicóloga CRP 21/01014
@amplapsicologia
fb.com/amplapsicologia

 

[Foto: google images]

Um comentário em “AO TRABALHAR COM A MORTE, O PROFISSIONAL DE SAÚDE SE TORNA MAIS FRIO?

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: