A morte e o trágico

Somos frágeis, não somos eternos. É com esta frase que começo este texto.
tragicoampla2.png
Ficamos consternados ao sabermos de uma morte trágica, um acidente que tira a vida em questão de segundos, num tropeço, num sufoco, numa paralisia… algo que por um segundo nos mostra o quanto somos frágeis. Quanto mais próximo de nós, mais ficamos abalados e questionamos atordoados “como pode ser?”. Mas pode.
Não somos eternos. Podemos ter mil planos, mas não iremos realizar todos. Sempre temos algo que fazer. Ter algo que fazer não muda nosso caminhar que em algum momento irá cessar. Por acharmos que somos eternos vivemos de maneira irresponsável – comigo nada vai acontecer – e assim vamos seguindo, sem significado, sem sentido, construindo um vazio existencial.
Mas a vida não espera. A morte também não. Não espera realizarmos todos os nossos planos, nossos sonhos… nos pega de surpresa como se fosse algo inimaginável, impossível de acontecer – mas não é. Uma ‘surpresa’ que já sabíamos a vida toda, mas pensamos como o “super-homem”, somos invencíveis, de aço, nada irá nos machucar.
Com um tempo vivido desapercebido, um velejar que não se deixou tocar pelo vento, vamos embora sem nada significar, como se por dentro já tivéssemos apagado. O trágico nos assombra porque entramos em contato com a nossa ‘não existência’, com nossos medos, com nossa procrastinação e não valorização do que somos, do que vivemos.
Nem tudo é culpa nossa, não nos ensinam a pensar sobre a morte. Abro um parênteses para dizer que me refiro a dar significado a vida por sabermos que somos finitos. Não se fala sobre morrer, é proibido, é ameaçador. E se ficarmos em silêncio, talvez ela não nos veja. Mas ela nos espia, por isso, dê vida ao seu tempo.
A morte trágica nos coloca de frente com a nossa fragilidade. Do que mais você precisa para entender que a morte nos vê? Dê significado a sua vida hoje. Se você está aqui, ainda dá tempo.
Suzanne Leal
psicólogia
@amplapsicologia
facebook.com/amplapsicologia
[Fotos: Google Images]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: