Liberte-se de tentar agradar o outro

É hora de dar a partida. Uma partida interna.
Comece quebrando padrões internos que construiu e se apossou achando que fossem seus.
Escute os estilhaços na mente ao perceber que esse padrões não são seus, nunca foram, mas os defendeu como se fossem… e por isso, muitas vezes se machucou, alimentando monstros, dando força, permitindo que eles fosse maiores que você.
Ouça! Não era você… ufa! Respire aliviado!
Parece uma tormenta, tanto vidro se quebrando, tantas amarras sufocando… mas ao mesmo tempo, um alívio ouvir tanto estilhaço… não era você, ufa!
Muito do que te disseram não era seu.
Fomos aceitando por medo de desagradar, medo de não ser aceito, medo de não ser amado.
Fomos aceitando para parecermos bons, para sufocar nossos próprios fantasmas, por medo de aceitar que também temos imperfeições. E não… você não tem que agradar a todos!

Imagem @slilustracoes


Quantos ‘sins’ doloridos? Quantos ‘nãos’ sufocados?
Quantos ‘nãos’ engolidos te adoeceram? Quantas vezes se submeteu ao que te machucava?
Percebeu? Ouviu o barulho dos estilhaços?
Então agora é a hora!
Hora de dar sua partida interna e abandonar a missão imposta de agradar a todos.
Esta missão nunca foi sua!
Não tenha medo, é difícil no início, mas é libertador!
Liberte-se e respire aliviado.
Dê um profundo e libertador: Ufaaaa!

Suzanne Leal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s