Dos sentimentos que não falamos

Olhar para si pode ser assustador. É mais fácil seguir a vida sem conhecer a si mesmo. Diante de uma frase dita entre prantos “tenho medo de ficar fria e seca”, foi possível perceber que naquela voz não havia frieza ou vazio. Era apenas uma alma se afundando em angústia por não encontrar outras almas... Continuar Lendo →

O Adoecer: quando realmente somos sinceros

A doença nos coloca de frente com nossa própria fragilidade, com nossa finitude.  Entrar em contato com essas questões nos causa inquietação, angústia e medo. Vivemos adiando, procrastinando e agindo como se fôssemos viver para sempre. Bem, não vamos. Todos nós sabemos que um dia partiremos e que em algum momento perderemos alguém que amamos,... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑