Carta pra você – Um desabafo!

Essa é pra você que não me deixa em paz! Pare de alimentar essa amargura, esse rancor. Não confunda ódio com injustiça. Não confunda educação com intromissão. Não, você não está querendo fazer justiça. Você está querendo alimentar o seu ego, permeado por ódio e rancor. Não percebe que aquilo a que você julga injusto... Continuar Lendo →

Hábitos que alimentam nossas inseguranças

São modos de viver que prejudicam nossa autoestima pouco a pouco. Na teoria e na prática, ninguém é perfeito. Todos nós temos imperfeições, fraquezas e "pontos cegos" em nosso repertório de virtudes, e isso não é problema. O que é um problema, no entanto, é o que acontece quando nossa percepção desses defeitos gera inseguranças... Continuar Lendo →

Você se auto preenche ou se escraviza?

A auto realização pode ser confundida com obrigações que abraçamos como se não fossem impostas. Você já se perguntou o que é felicidade? É provável que sua resposta corresponda a algo material, como ter dinheiro. Mas também pode ser o caso de sua resposta estar relacionada à satisfação de uma meta que você definiu, como... Continuar Lendo →

O poder das emoções

Uma emoção é um processo pelo qual a informação cognitivo e sensorial em torno de um estímulo externo é transmitido a partir do trato corpo para a medula espinhal, que formam sinapses e estimulando, assim, a secreção de hormona e glândulas de atividade, músculos e tecidos. Se levarmos em conta apenas a definição anterior, podemos... Continuar Lendo →

Conheça a si mesmo

Conhecer a si mesmo parece complicado, mas você pode começar por coisas simples. Ouvir música A música acalma e fortalece a alma. Escute aquela música que você tanto gosta. Sinta-a com seu corpo. Reserve tempo para si mesmo(a) Reserve-se, faça algo que gosta. Assista um filme, coma algo que gosta, escreva, desenhe, viaje. O contato... Continuar Lendo →

Como fechar um ciclo emocional

Os seres humanos tendem a experimentar o que nos rodeia como se fosse uma narrativa. Gostamos de ver as coisas interpretando-as como se fossem histórias: não fixa e imóvel, mas algo fluido e em movimento. Nossa própria identidade, sem ir mais longe, é um conjunto de memórias sobre nós mesmos que estamos inconscientemente encorajando a... Continuar Lendo →

Para ser feliz, você tem que aprender a ignorar

Em alguns casos, afastar-se das pessoas que estão em conflito não é uma questão de conforto, mas de equilíbrio mental. É verdade que não há pessoas totalmente "más" ou completamente "boas". Pensar assim seria extremamente reducionista. No entanto, existem pessoas cujo modo de ser e comportamento simplesmente não nos complementam e manter um relacionamento próximo... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑