Por que isso está acontecendo comigo?

Eis uma pergunta constante e corriqueira entre nós humanos, quando nos deparamos com situações na vida que nos desafiam a alma. Choramos, nos angustiamos, nos debatemos e queremos uma explicação para o que nos aconteceu, como se esperássemos que, ao nomearmos a causa de nossa dor e/ou encontrarmos o culpado pelo que nos aconteceu, isso... Continuar Lendo →

Já se perdoou hoje?

Por diversas vezes nos angustiamos e reviramos nossa cabeça com sentimentos de culpa e punição. Revivemos momentos na memória, momentos em que nos magoamos, nos ferimos e insistimos em achar que a culpa foi nossa, que poderíamos ter feito diferente. Remoer o passado é um dos maiores conflitos do ser humano, insistir na lembrança do... Continuar Lendo →

O rancor e o luto

Passamos a vida falando mais de raiva do que de amor; apontando e criticando, mais do que elogiando; falando do outro, mais do que falando com o outro. Há muito tempo escuto (e cada vez mais tenho certeza) que só temos o presente e que esta devia ser nossa filosofia de vida, viver o presente.... Continuar Lendo →

Pelo quê você é grato?

De acordo (McCullogh, 2001) "a gratidão é definida como uma virtude moral que denota bom comportamento". Com a rotina do dia a dia, é comum nos focarmos em coisas negativas, fazendo com que deixemos de olhar pequenas coisas importantes nas nossas vidas. O sentimento de gratidão traz mudanças benéficas ao nosso corpo, fortalece o sistema... Continuar Lendo →

Carta pra você – Um desabafo!

Essa é pra você que não me deixa em paz! Pare de alimentar essa amargura, esse rancor. Não confunda ódio com injustiça. Não confunda educação com intromissão. Não, você não está querendo fazer justiça. Você está querendo alimentar o seu ego, permeado por ódio e rancor. Não percebe que aquilo a que você julga injusto... Continuar Lendo →

Hábitos que alimentam nossas inseguranças

São modos de viver que prejudicam nossa autoestima pouco a pouco. Na teoria e na prática, ninguém é perfeito. Todos nós temos imperfeições, fraquezas e "pontos cegos" em nosso repertório de virtudes, e isso não é problema. O que é um problema, no entanto, é o que acontece quando nossa percepção desses defeitos gera inseguranças... Continuar Lendo →

WordPress.com.

Acima ↑